Notícias
Notícias
Leia abaixo as nossas matérias.
Tornozelo Torcido

Tudo sobre Entorse de Tornozelo

A entorse ou torsão de tornozelo é uma lesão bastante comum, em que um ou mais ligamentos do tornozelo são parcialmente ou completamente lesados.

 

O risco de uma entorse é maior durante atividades que envolvem movimentos explosivos, como tênis, basquete, vôlei e até corrida.

 

A entorse ocorre geralmente através de uma tensão excessiva nos ligamentos do tornozelo, causado por excesso de rotação externa, inversão ou eversão do pé atingido por uma força externa.

 

Quando o pé é deslocado após sua amplitude de movimento, o excesso de estresse coloca uma pressão sobre os ligamentos. Nessa situação, se a força for grande, o ligamento poderá ser rompido.

 

O tipo mais comum de entorse ocorre quando o pé é invertido demais, afetando o lado lateral do pé. Quando este tipo de entorse de tornozelo acontece, os ligamentos são alongados demais.

 

O ligamento talofibular anterior é um dos ligamentos mais envolvidos neste tipo de entorse.

 

Classificação

 

As entorses de tornozelo são classificadas em graus 1 a 3. Isso varia de acordo com o tamanho ou o número de ligamentos danificados. O entorse também é classificado de leve a grave.

 

Entorse de Grau 1

Dano leve a um ou mais ligamentos, sem comprometer a instabilidade da articulação afetada.

 

Entorse de Grau 2

Ruptura parcial de alguns ligamentos, em que eles são esticados ao ponto de ficarem soltos, causando alguma instabilidade.

 

Entorse de Grau 3

Ruptura completa dos ligamentos, causando instabilidade na articulação afetada e hematomas ao redor do tornozelo.

 

Diagnóstico

 

O diagnóstico de uma entorse baseia-se no histórico do paciente, incluindo os seus sintomas.

 

A avaliação mais precisa pode ser obtida com o auxílio de exame físico, raio-x e ressonância magnética.

 

A ressonância magnética pode ser indicada com o objetivo de investigar lesões associadas, como osteocondral, do impacto ântero-lateral e identificar lesões ligamentares crônicas.

 

Sintomas

 

Os sintomas iniciais da entorse de tornozelo são: dor, inchaço e hematoma, que podem afetar os dois lados da articulação, dependendo das estruturas acometidas.

 

A dor intensa ao toque e a impossibilidade de firmar o pé no chão ou de apoiar o peso depois de uma entorse, requer uma avaliação médica imediata e exames de raio-X.

 

Boa parte das lesões evoluem com resultados satisfatórios após tratamento conservador, porém, alguns pacientes referem dor residual e lesões associadas que impossibilitam suas atividades normais diárias.

 

Esses sintomas residuais e a dor crônica após a lesão ligamentar do tornozelo representam grandes dificuldades e um desafio para qualquer ortopedista.

 

Tratamento

 

O objetivo do tratamento da lesão ligamentar do tornozelo é o retorno às atividades diárias (esporte/trabalho), comremissão da dor*, inchaço e inexistência de instabilidade articular.

 

O tratamento inicial para todas as lesões consiste em repouso por três dias, aplicação local de gelo, elevação do membro afetado e proteção articular com imobilizador ou tala gessada. O uso de anti-inflamatórios não-hormonais costuma diminuir a dor e o edema, com melhora precoce da função articular.

 

Nas lesões leves, o tratamento é sintomático, com manutenção da imobilização até a melhora dos sintomas, que dura entre uma e duas semanas.

 

Já nas lesões completas, a proteção articular com imobilizadores semi-rígidos possibilita retorno mais rápido às atividades físicas e laborativas quando comparada à imobilização gessada, porém a ocorrência de edema, dor e instabilidade em longo prazo foi semelhante nos dois grupos.

 

O tratamento deve ser feito de forma individualizada, avaliando-se sempre de forma cuidadosa os prós e contra do tratamento escolhido.

 

Portanto, a preferência é dada ao tratamento conservador para as lesões agudas, com atenção a pacientes que possam permanecer sintomáticos, e tratamento cirúrgico para as lesões com instabilidade.


(*) Remissão da dor (Med.) – ato de remediar ou abrandar a dor.

Horário de Atendimento
Segunda a Sexta - 07:00 às 19h / Sábado - 08h as 12h
Clínica Ortomédica Mooca
Av. Paes de Barros, 2128 - Mooca - 03114-001 - São Paulo - SP
E-mail: contato@ortomedicamooca.com.br - Tel.: (11) 2028-0144
Diretor Técnico Médico:
Dr. Sérgio Ricardo da Costa
CRM: 90668
Site desenvolvido por Agência Montija Digital