Notícias
Notícias
Leia abaixo as nossas matérias.
Lesões Meniscais

Lesões Meniscais

Os meniscos são fibro-cartilagens presentes na articulação fêmurotibial (joelho), entre os côndilos do fêmur e da tíbia. Eles têm o formato de meia lua, com uma divisão em corno anterior, corpo e corno posterior.

 

Os meniscos têm a função de diminuir o impacto e promover a adaptação (melhorar o encaixe) entre as faces articulares do fêmur e da tíbia.

 

Os meniscos apresentam poucos vasos sanguíneos, o que dificulta sua capacidade de regeneração, caso sofram alguma lesão. Uma vez lesionados, dificilmente se recuperam espontaneamente.

 

Lesões do Menisco

 

A lesão meniscal é uma das mais comuns do joelho e ocorre, principalmente, durante a prática esportiva.

 

O menisco mais lesado é o menisco medial (ou interno). O menisco lateral também é lesado, porém essa lesão é mais rara.

 

Os meniscos rompem de maneiras diferentes e as lesões são classificadas por sua aparência e localização. Lesões comuns incluem longitudinal, transversa, flap, alça de balde e lesões complexas.

 

Essas lesões, muitas vezes, ocorrem juntamente com outras lesões no joelho, como ruptura do ligamento cruzado anterior.

 

Causas

 

Na maior parte dos casos, as lesões meniscais ocorrem durante a prática esportiva. As lesões geralmente ocorrem com movimentos de agachamento e ao girar o joelho.

 

As pessoas mais velhas também estão mais propensas a ter lesões meniscais degenerativas, já que o tecido enfraquece e se desgasta com o tempo. Pequenos movimentos podem ser suficientes para provocar uma lesão se os meniscos estiverem enfraquecidos com a idade.

 

Sintomas

 

O paciente lesionado pode sentir como um “estalo” quando rasga um menisco. Boa parte das pessoas ainda consegue andar com o joelho lesionado. Um atleta ainda pode continuar jogando lesionado. Porém, em dois ou três dias, o joelho fica mais duro e inchado.

Os sintomas mais comuns de rasgo meniscal são:

 

  • Dor no joelho afetado;
  • Rigidez e inchaço;
  • Instabilidade, com a sensação do joelho "ceder";
  • Incapacidade de mover o joelho completamente;
  • Em casos mais avançados, um pedaço de menisco pode se soltar, flutuando no interior da articulação, fazendo com que o joelho deslize.

 

Tipos de Tratamento

 

O tratamento da lesão meniscal vai depender, obviamente, do tamanho e localização da lesão.
Além disso, é preciso levar em consideração a idade e nível de atividade do paciente.

O lado de fora de um terço do menisco possui um rico suprimento de sangue. Nestes casos, a lesão pode ser reparada naturalmente. Por outro lado, os dois terços internos do menisco carecem de fornecimento de sangue.

Sem nutrientes do sangue, estas regiões não conseguem regenerar-se sozinhas, exigindo muitas vezes a intervenção cirúrgica. A sutura meniscal ou a meniscectomia parcial (retirada) são as técnicas cirúrgicas mais utilizadas.

sutura meniscal repara a lesão, onde podemos dizer que o menisco é "costurado".

 

E a meniscectomia é um procedimento cirúrgico utilizado para remover parte ou a totalidade de um menisco lesionado da articulação tibio-femoral do joelho.

 

Horário de Atendimento
Segunda a Sexta - 07:00 às 19h / Sábado - 08h as 12h
Clínica Ortomédica Mooca
Av. Paes de Barros, 2128 - Mooca - 03114-001 - São Paulo - SP
E-mail: contato@ortomedicamooca.com.br - Tel.: (11) 2028-0144
Diretor Técnico Médico:
Dr. Sérgio Ricardo da Costa
CRM: 90668
Site desenvolvido por Agência Montija Digital